terça-feira, outubro 24, 2006

Monarquia Portuguesa( ou LOST) - Ep. 2 de 2


Sessenta Anos de Administração, à maneira do “El Corte Ingles”, que tendemos para desprezar e menosprezar, e que até podiam ter sido melhores, não fosse o Império Castelhano estar a afundar-se, do mesmo modo que o nosso. Filipe II tinha um projecto grandioso, que era transferir a capital do Império Ibérico para Lisboa, e tornar este subúrbio na capital do maior estado da época – que luxo, hein?... - um país onde o sol nunca se punha, desde os vãos de escada dos Andes, passando pelos becos escuros do "ecstasy" das "Docas", até às casas de prostituição de menores das Filipinas. A sorte quis outra coisa: quando o geneticamente degenerado Filipe IV teve de optar pela Rebelião de Portugal e a Rebelião da “Cataluña”, optou por ficar com a “Cataluña”, para azar dela, e azar nosso.

É neste momento que a coisa se começa a tornar ainda mais negra: uma Maria, Cavaco Silva da altura, daquelas que sabe que mais vale um dia “Presidenta” do que professora do Ano Zero da Católica toda a vida, soltou - conta a anedota - a célebre frase "mais vale um dia Rainha do que Duquesa toda a Vida...", coitada... e foi assim que os Braganzas, uma cambada de gebos, saltou para o palco da História. O filho dela era uma gulosa por homens, uma “Mota Amarala”, a quem obrigaram à castidade de andar aos círculos numa sala fechada do Palácio de Sintra - já, na altura, ser-se paneleiro, em Portugal, obrigava ao Voto de Perpétua Dissimulação, ah, sim, e casado, para que ela, a esposa, lhe pusesse os cornos com o irmão, e o tornasse Rei, enquanto havia um gajo da Nobreza que governava, em nome de tudo e de todos. João V, o "Magnânimo" gastava o que tinha e o que não tinha: o Museu dos Coches está cheio das Altas Cilindradas em que ele derretia os Dinheiros Públicos. Havia nele um pouco de Santana Lopes, mas numa época em que as "santanettes" eram todas freiras, e papáveis.

Nada variámos, até hoje, excepto um terramoto pelo meio, termos passado à V Dinastia, a dos Ramalhão, posto que Carlota Joaquina, a #$%=-mor, filha de outra, ainda mais #&%= e mais mor, a Maria Luísa de Bourbon-Parma, decidiu que os filhos iam era ser todos filhos daqueles que a comiam, e não do “burgesso” (olhem para a foto em cima, uma espécie de Ferro Rodrigues da época, que chorava baba e ranho, quando teve de deixar o amante brasileiro, carioca, sardão escuro, no Rio de Janeiro, para voltar para o pé da megera...) com quem a tinham casado. Os Braganza do séc. XIX, para quem leu as cartas do Rei-Homem-Elefante e "El-Rei Junot", do Brandão, são todos filhos do Jardineiro do Ramalhão, e da Bourbon, que por sua vez já só era Bourbon pelo lado da mãe, posto que os filhos de Carlos IV eram-no de Godoy, que o comia a ele e à esposa, com a pequena diferença de que a esposa engravidava, e ele... ainda não.

A coisa melhorou um bocadinho quando a Casa do Ramalhão se casou com uns alemães vindos de Saxe de Coburgo-Gotha, que trouxeram olhos azuis, e retiraram um pouco o bigode às mulheres reais - tirando a Fressureira Dona Amélia - e quando a coisa se estava a compor no sentido europeu, com um tipo elegante, culto, intelectual e bem-educado, D. Manuel II, veio a Carbonária, a Maçonaria e mais uns amigos oportunistas, os "majores" da altura, lançar em cena Afonso Costa, um Mário Soares da época, que conduziu isto direitinho para as mãos de Salazar, Cavaco e Sócrates. Pelo meio, houve um derradeiro Presidente, que era pedófilo, e acabou no Norte de África, como todos, a chupar morcelas de Alá. Quem quiser saber o resto, folheie o Processo Casa Pia, porque está lá tudo, igualzinho, igualzinho, até hoje.

Quanto ao 5 de Outubro, pense duas vezes, antes de lançar foguetes, porque nunca se sabe quem e o quê estará você a comemorar...

E chega ao fim o segundo episódio de LOST da primeira temporada… E fica aqui dito que vou iniciar uma crónica dedicada a José Hermano Saraiva, esse grande senhor da #$%& da história portuguesa.

segunda-feira, outubro 23, 2006

Cenas que me fazem passar da cabeça... ( Novas Medidas Orçamentais)

Quando soube das novas medidas Orçamentais, passei me logo!! Depois disse cá para mim, isto o melhor é não pensar mais no assunto, vou me é acalmar com um bom banho quente. Mas depois lembrei-me que o imposto sobre o Gás Natural aumentou, e achei a ideia um bocado parva.
Vou é dar uma volta de carro para espairecer, pensei eu de novo, mas mais uma vez estúpido, é que a gasolina também aumentou. E então fez-se luz, vou é ligar a minha mulher, ouvir a vozinha dela vai me acalmar. Ao que ela respondeu " Seu tarado, se voltas a ligar para aqui chamo a policia!!!", foi então que me lembrei que nem sequer sou casado, e vou pagar mais impostos por isso. Se calhar vou é fumar um cigarro para a varanda, outra ideia a atirar para o parvinho, porque o tabaco aumentou, e eu moro num rés-do-chão, nem sequer tenho varanda. E ai fui me aos arames!!!

terça-feira, outubro 17, 2006

Ameaça Mundial, quem sabe até portuguesa!!

Olá! Eu sou o Bill Brasky, el magnifico, e este é o meu primeiro post oficial, e desoficial também.
Hoje vou relatar ao mundo uma noticia revelada à pouco mais de 30 minutos, (vah..mais ou menos), à porta da sede de uma associação da qual sou membro director.
Enquanto se discutia a influência do arame farpado na manufacturação do queijo em barra, recebemos via Fax, um fax do nosso correspondente em Moskovo do CastupidoNews, Zé Carlos, ex-reporter do BianaNews.
Segundo este, fonte proxima do Pentágono, (um senhor muito rico, que possui terras no alentejo chamado José Passos Dias Aguiar Mota) garante que o avanço tecnologico está por detrás dos atentados terroristas pós-11 de Setembro! Mais!! O senhor Aguiar Mota, garante que alegadamente Bin Laden passou facturas na ordem dos milhões de Dinars à Google Corporation (TM), para a investigação e desenvolvimento de um software capaz de fotografar e ampliar a superfície terrestre! Ora, bem, vah, esta-se mesmo a ver que é do Google Earth que se trata! E os resultados já estão à vista! Primeiro foi o tsumani lá pós lados da Indonésia, provocado por um sismo alegadamente provocado pela flatulência de um talibãn peidómano. Depois foi a catastrofe total no ist no semestre passado, que levou à morte prematura de duas jovens cadeiras e de outras duas que viriam a falecer por afogamento já na praia. E agora um cemitério na freguesia de Âncora, Viana do Castelo, que foi atingido por um Tomahawk fantasma. E tudo graças a um programa dos rivais destes destroidores de cadeiras insensiveis (sentimento de tristeza nas entre-linhas). E isto promete! Por isso, tenha cuidado, proteja as suas cadeiras, faça sepulturas de betão armado à prova de misseis e quando for a banhos, ponha braçadeiras!!

Discovery Channel


Hoje, celebrando o início deste espectacular e esplendoroso “postograma” sobre a selva portuguesa, iremos falar-vos do POLÍTICO LOCAL ou MUNICIPAL.

Do latim “NonFazemusNadum MásTambem NonCkeremus” é conhecido entre os populares como “o ladrão” ou “o corrupto”, esta espécie tem como principal objectivo, na sua vida, roubar e enganar.

O meio habitat deste animal é o escritório saindo apenas para rua durante a época de acasalamento. Existe apenas uma subespécie já extinta, conhecida como “Santanás Lopes” que era predominantemente nocturna. Escondendo-se de dia na mata e saindo apenas á noite para pastar.

A época de acasalamento ocorre de 4 em 4 anos e é chamada de “Dança das Autárquicas”. É um ritual onde são ditas as maiores baboseiras que alguma vez foram ouvidas. E tudo isto para serem escolhidos como lideres de tribo.

Durante os 4 anos que antecipam a “Dança das Autárquicas”, esta espécie toma frequentemente banhos de água e lama para se livrar de carrapatos, moscas e outros parasitas que vão encontrando. Conta-se que na última época de acasalamento, uma das subespécies “Fátima Saco Azul Felgueiras” não arranjou água, nem lama para se ver livre dos parasitas e por isso tentou migrar. Executando-o de uma forma bastante proveitosa, pois quando retornou, acasalou. Tendo dado á luz a “Justiça Portuguesa” (coitada da cachopa tem um nome tão feio). E para que conste, é uma rapariga franzina, bastante escura e feia. Há ainda outra subespécie, denominada de “Rui Rio Douro” que durante este ritual de acasalamento marca território urinando sempre no mesmo lugar até cheirar muito mal.

Este animal tem hábitos bastante peculiares. Uma das subespécies o “Macho(r) Valentão”, come Loureiros e ao galopar derruba pequenas árvores, fazendo muito barulho (tipo assim “trac trac”). Já “Avelino Biqueiro Torres” emite vários sinais de forma bastante rude, tal como a bufa e o pontapé mostrando-se contra o seu predador, o Árbitro.

Caros senhores e senhoras, por hoje é tudo. Não percam o próximo “postisódio”. Para a semana iremos falar de mais um incrível animal desta selva portuguesa.

segunda-feira, outubro 16, 2006

Cenas que me fazem passar da cabeça...

Filmes com animais ao domingo á tarde, que eu saiba dia do animal é só uma vez por ano, não são todos os domingos. É filmes com macacos, ursos, papagaios e depois com cães , claro, quem é nunca viu o AirBud ( atenção que não estou a falar de nenhuma companhia aérea), o que é que aquela cão ainda não fez!?! Jogou á bola, basket, futebol americano, baseball, falta o quê? Jogar ao berlinde, ou á sueca, se calhar, deixa lá ver.

Acho que o Benfica já o quer contratar, até porque o AirBud era menino para arranjar umas asas, fazer o voo da águia aterrar no símbolo Benfica, dançar com as meninas da claque, entrar na segunda parte e marcar uns golos, e ainda fica lá depois do jogo para limpar o balneário. Aquele cão faz tudo! O gajo é o quê!?! Algum emigrante de leste!?! Se repararem bem ele já é loiro, só falta ir para as obras, (sim porque de certeza que ele sabe fazer massa e rebocar paredes), “na Ucrânia ÁérBud era médieco” ( Tumba!!, mais um profissão que ele já teve), é incrível.

Se o AirBud representa os emigrantes de leste. Então os portugueses são representados por quem?.....Pelo Beethoven, claro!! Um cão gordo e parvo, que se chama Beethoven mas não sabe tocar piano, e que passa o dia a babar-se e a fazer merda. Imaginem que o AirBud..Vah.. tinha uma empresa de Biscates (o que é bem possível), chegava á casa das pessoas, arranjava o que tinha a arranjar, limpava tudo e vinha-se embora. Agora o Beethoven, chegava lá e dizia “Pois, isto tá complicado tá....Pois é, a ver se mando vir umas peças, para arranjar isto e tal, mas vai levar tempo, porque eu agora tenho muito que fazer, tenho que ir ali....dormir, e babar me um bocado.”.

Pronto mas isto é uma teoria minha, a ver se escrevo um livro sobre isto, mas agora não porque ando muito ocupado, a ver se tiro a carta , e tenho umas prateleiras para montar ali na sala também, de maneiras que ando mesmo muito ocupado.

Bom, mas onde eu queria chegar era, os cães aos poucos estão a dominar o mundo. Senão reparem, a Lassie entrava em casa começava a ladrar, e diziam logo “O que é que foi? O que se passa”, ora eu lembro me de ter nove anos e entrar em casa a gritar “O mãe, O mãe anda cá ver isto!!”, e ela mandou me passear, isto só para verem o poder que os cães têm sobre as pessoas. Repito os cães aos poucos estão a dominar o mundo, cá em Portugal já temos um caniche como Primeiro Ministro, um chihuahua como líder da oposição, só falta mesmo o Rex como Ministro da defesa.

domingo, outubro 15, 2006

Monarquia Portuguesa( ou LOST) - Ep. 1 de 2

A História da Monarquia Portuguesa(LOST) afunda-se, há quase meio milénio, numa coisa chamada Desastre de Alcácer-Quibir, onde um indivíduo, com o mesmo tipo de taras, gostos e alucinações de José Sócrates, graves problemas do foro físico, psíquico e sexual - tinha seis dedos na mão, julgava ser Napoleão Bonaparte, e um perpétuo corrimento, de foro ginecológico - resolveu ir atrás de uma Quimera, que não se chamava Equilíbrio Orçamental, mas era, pura e simplesmente... voltar ao Deserto.

Conseguiu: arrastou atrás de si a fina-flor da Aristocracia, mais os restos, e mais os restos dos próprios restos. Na altura, já Portugal vivia a crédito, e tinha sofrido a devastação de um dos maiores cretinos que se sentou no Trono Lusitano, um tal de D. João III, o primeiro a perceber que Inquisição e Fátima era do que esta escumalha gostava, e precisava. Um Einstein Político da época.

Quando, para se ir afundar em Alcácer-Quibir - ainda Cervantes não tinha escrito o seu "D. Quijote", cujo tema sempre desconfiei, fosse português, e não espanhol - D. Sebastião mandou abrir o túmulo de D. Afonso Henriques, para levar a Espada da Fundação atrás, não houve I.P.P.A.R.(Instituto Português do Património Arquitectónico) que se opusesse, nem Pacheco Pereira ladrou na Quadratura das Bestas. Na altura, era um a ver se te avias, e aviavam-se mesmo, e bem.

No vale seco de Alcácer-Quibir, havia três reis, o primeiro, uma tarada, que tinha vindo de Portugal, pôr-se ao lado de um, a quem o outro tinha roubado o Trono. Durante a batalha, esse já estava mesmo morto, e os lacaios, de dentro da liteira, punham-se a acenar-lhe com a mão mole, por detrás das colinas, a fingir que ainda bulia; o outro ficou-se por lá, e, quando as tropas portuguesas - milagre dos milagres - pareciam estar a ganhar, as claques mouras, os "No Vagina's Boys", instaladas nos bordos do vale seco, lançaram-se sobre os bens e haveres do vencido, de onde resultou tal confusão que já não se sabia quem era quem, os cavalos caíram, e o pobre demente, Sebastião, o vencedor conjuntural, perdeu a batalha, e também lá ficou.Ele, e nós.

Não percam o próximo episódio, porque nós também não(sempre quis escrever esta frase num blog qualquer que fosse estúpido).

sexta-feira, outubro 13, 2006

De bicicleta é que é bom…

Segundo um conceituado jornal, um tipo não sei de onde teve uma ideia fantástica e que eu penso que devia ser aproveitada por todos nós.

É que o referido senhor deixou o seu carro num sítio onde, supostamente, não deveria poder estacionar. Mas estacionou. Um agente da autoridade, ao aperceber-se da transgressão, dirigiu-se ao sujeito e, com a maior boa vontade do mundo, pediu-lhe que tirasse dali a viatura, visto ser um local de estacionamento proibido. E é neste ponto da história que – e contra todas as previsões – o homem reage de forma, no mínimo, estranha… Não é que o indivíduo em questão tem a brilhante ideia de puxar de um fósforo e atear fogo à sua própria viatura?! Perante o olhar estupefacto do polícia (que se ficou a questionar acerca do real sentido da existência dos automóveis…), o que é que o homem faz? O quê..? Pegou na bicicleta mais próxima e foi à sua vida, enquanto as chamas se encarregavam de fazer o resto do serviço…

E perguntam vocês: “Mas porque é que nós haveríamos de fazer o mesmo?” Mas eu repondo. E a resposta é simples. Já imaginaram os benefícios desta atitude? Primeiro, o polícia ficou tão incrédulo que nem teve a destreza necessária para impedir a fuga. Logo aí, safou-se a multinha de estacionamento… Depois, o tipo, tão depressa, não vai ter mais problemas com o estacionamento do carro, bem como multas da mais variada espécie, revisões, etc.. Isto para não falar no aspecto mais importante: a saúde. Ah pois é! A quantidade de calorias e massa gorda que o homem não perdeu à custa deste simbólico gesto? Sim, porque ou puxava muito pelas perninhas ou era caçado… Por outro lado permitiu ao polícia melhores condições para exercer a profissão, naquela fria manhã de trabalho!

Conclusão a tirar: bem, é simples – quando deixarem o vosso veículo estacionado num sítio proibido e aparecer a autoridade, já sabem como agir! A carteira agradece e a saúde também… E o polícia, quem sabe… O truque é ser rápido e não voltar atrás a buscar objectos esquecidos, mas isto já faz parte das regras de segurança para incêndios. E era parvo estar a enumerá-las a esta hora…

segunda-feira, outubro 09, 2006

Mika

Bom dia! O meu nome é Queirós, o veloz, e estou a postar pela primeira vez neste blog. Tenciono fazer da minha participação neste blog uma mais valia para o desenvolvimento de mentes sãs, contrariano assim qualquer movimento anteriormente manifestado por todos os outros postantes. Serei eu o regulador...o presidente da républica bloguista vah... O meu cognome surge na minha vida, quando estava numa aula de educação fisica...era para ser "o grande", mas diz que ja havia paí um Alex que assim se intitulava.
O meu primeiro post petende alertar para a nascença e predominância no vocabulário português e na nossa vida social de um vocábulo que me provoca revolta e constrangimento, alegria felicidade, tristeza e consternação. Esse vocábulo intitula-se por "Mika".
Perguntar-se-ão com certeza o que significará tal expressão. Pois bem, "Mika" surge como um prefixo, na Ásia antiga, ou como palavra sigular, mais presentemente. Seria na Ásia antiga, utilizado como a iniciaçao ao Mikado, um jogo tradicional, com palhetas de várias cores, cada uma com o seu valor monetário atribuido, que levou muitos milhões de asiáticos à extinção. o Mikado surge como preâmbulo do casino, tendo sido fonte de forte desenvolvimento social no oriente.
Posteriormente, assistimos à utilizaçao de Mika como palavra singular, na construção desenfreada que se verificou no norte da provincia da lusitânia. Diziam os antigos que suas casas seriam construções sólidas de quartzo feldspato e Mika. vah, hoje chama-se granito, e então?
Como se não bastasse, assistimos actualmente ao uso e abuso desta expressão na vida quatidiana. É exemplo deste exagero sentenças banais como: "Ah! Não tenho onde guardar as folhas...Empresta-me aí uma Mika!".Isto eh claramente uma falta de qualquer coisa que eu nem sei.
Meus amigos....isto não fica por aqui....Surgindo de novo aplicada como prefixo, esta palavra é agora usada com a petulância de quem so quer fazer dinheiro e de quem axa que a França é a sua casa!!!! Sem qualquer tipo de descernimento, certa pessoa de nome Tony decidiu lançar seu primogénito como cantor usando o nome dos antigos em vão. Mika el Carreira......
Espero que este flagelo se fique pelo espermatozóide, não vão as pessoa usar agora a Mika para tudo.....beijinhos e abraços e muitos palhaços!!!!!

domingo, outubro 08, 2006

Arrumadores de "4 Rodas"...

Em Lisboa existem 479 arrumadores de umas coisas que andam, daquelas com 4 rodas, a que chamam carros… Bem, plagiando o grande livro das espécies, do meu grande amigo, e “comuna” #?=!%(pois não quero ser responsável pela sua discriminação), este pessoal tem o nome científico de “Arrumátis tutis avecis quattrus redondus”, que traduzindo para português, aquela língua dos tugas, se pode dizer: “gajos que arrumam tudo com quatro rodas”.

Até aqui tudo bem, qual é o problema?! Os “gajos” são conhecidos! Arrumam-nos os carros num parque de 600 lugares, que por acaso só tem 2 carros, e ainda assim temos que lhes dar “guito” para que não risquem os cromados do nosso bólide. Pois é caros bloggers, eu não estaria aqui a falar destes tipos se não fosse preciso… AGORA TAMBÉM ARRUMAM CADEIRAS DE RODAS!!!

É verídico, também arrumam cadeiras de rodas, isto foi-me relatado pelo Zé Carlos, o nosso repórter (aquele tipo das “manif’s”). Num testemunho impressionante o nosso repórter fez saber, ao mundo, que uma mulher de 47 anos presa a uma cadeira de rodas foi, brutalmente, arrumada num parque de estacionamento localizado na baixa de Lisboa. Ninguém se dispôs a fazer nada para impedir o sucedido, aliás, houve até quem aplaudisse.

Podemos, assim, ficar felizes ao observar os avanços na mentalidade do povo português no que toca à inserção social. Agora nenhum meio de transporte com 4 rodas é descriminado, sejam eles carros, motas de quatro rodas, cadeiras de rodas, ou até mesmo um carrinho de supermercado. Portanto não podemos julgar este “ gajo que arruma tudo com quatro rodas”, até porque este homem teve o cuidado de utilizar o lugar do parque de estacionamento para deficientes, e ainda fez desconto no “guito” que recebeu, alegando que os cromados das cadeiras de rodas são mais caros.

É tudo, mas fiquem atentos ao Caaaastúpido.

Manifestação...

E foi a previsão do tempo, dada pelo nosso meteorologista, Doutor Joaquim Tendência de Aguaceiros , Licenciado em Ciclones e Doutorado em dias Fresquinhos de Outono.

Obrigado Joaquim!

Vamos passar então agora para o nosso repórter, que está em directo numa manifestação.........allô Zé Carlos, estás me a ouvir!?! Como estão os ânimos por ai!?!

È verdade estou aqui numa manifestação, da qual desconheço ainda os motivos, mas o facto é que está aqui muita gente mesmo. Vou tentar perguntar aqui a este senhor o porquê deste protesto.

MANIFESTAÇÃO, MANIFESTAÇÃO, MANIFESTAÇÃO!!!

Desculpe , porque é que está aqui, a protestar?

MANIFESTAÇÃO, MANIFES....ohhhh isto é para a televisão!?! Tá ligado isto!?!

È sim diga-nos aqui em directo para o telejornal, quais os motivos desta manifestação, porque é que estão aqui?

Épa...tão a malta tá aqui porque...porque...

Então você veio para uma manifestação, e não sabe quais os motivos pelos quais está aqui a protestar?

Sei, claro que sei, então não havia de saber.... Pah, primeiro foi para faltar ao trabalho né!?! O que é sempre bom. E depois a malta veio para aqui protestar porqueeeee....porque......porque tá mal. È isso mesmo ,nós estamos aqui a protestar porque tá mal. Não é assim pessoal?

TÀ MAL, TÁ MAL, TÁ MAL,TÀ MAL, TÁ MAL, TÁ MAL!

Bem ao que parece, niguem sabe ao certo, o porquê desta manifestação.

Eu sei,desculpe... boa noite....boa noite senhores telespectadores, o meu nome é Cájó empresário em nome indibidual, tá aqui o meu cartãozinho. E basicamente quem está por detrás desta manifestação é aqui o Je!!

Você? Como?

Vou passar então a explicar, como já disse eu sou empresário, e estou me a lançar agora num novo negócio, que é um negócio que ainda é Pionés, em Portugal, e que consiste basicamente em organizar manifestações. Isto começou com a ideia de uns amigos meus, que me estavam sempre a dizer Cájó, tu que és um gajo que tá sempre a mandar vir, nunca estás contente, estás te sempre a queixar, porque é que não fazes disso um negócio. E foi o que eu fiz!

Então você organiza manifestações. Explique lá melhor esse negócio.

Tão a malta telefona me, discuti-mos o preço, podem escolher de entre vários packs, por exemplo, temos o pack “Não pagamos!!!”, que tem muita saída nesta altura de pagar propinas; temos o pack “Gay Parade” que é muito utilizado quando as empresas, se querem manifestar na altura do Carnaval!; depois temos o pack “ Manif dé LUX”, qué o nosso topo de gama, o mais caro logicamente, mas neste já se tem direito a uma centena de manifestantes, que são sempre uns ucrânianos que eu conheço, mão de obra barata, pago lhes depois um sumol e meia sandes de Panrico e vão todos contentes para casa. Depois temos ainda cartazes cânticos adicionais.

Sobre os cartazes já reparei, que eles têm apenas escrito “Manifestação”, e “ Tá Mal”, porquê?

Pah, primeiro por questões orçamentais. Já viu o que era cada vez que fazia-mos uma manifestação ter que arranjar cartazes novos, saía caro. Depois, porque, muitas vezes acontecia pessoas encontrarem-nos na rua, viam um mar de gente e não sabiam do que se tratava, pensavam “É tanta gente, queres ver que o Francisco Adam morreu outra vez?!?”. Portanto com estes cartazes não tem erro, as pessoas lêem logo, “Manifestação”, e ficam logo a saber do que se trata. Como pode ver aqui nesta empresa primamos pela qualidade, não há cá refugos. Até porque já tenho ai visto, muita Manif, mal organizada, malta que se mete nisto e pensa que isto é fácil mas não é.

Obrigado, foi a entrevista possível aqui na manifestação, passo agora para ti Bento! Boa noite!!

domingo, julho 23, 2006

Férias..! =D

Caros leitores:

Como já devem ter reparado o blogg tem estado um bocado em baixo...
Isto deve-se não só à irresponsabilidade de todos os postantes mas também ao aumento do preço do barril de petróleo. Já para não falar na falta de tempo...
E como se não bastasse eu ainda venho para aqui dizer que nos próximos tempos não contem com novos posts... (Só a lata... coca-cola.. fresca... e fofa...)
É que o Castúpido entrou oficialmente de férias e, como tal, estes gajos vão ter mais que fazer do que sentar-se à frente do computador a escrever coisas totalmente idiotas.
Mas como isto metem-se as férias e tal, certamente irão surgir ideias para um regresso em grande!
Portanto daqui a uns tempos passem por cá que o blogg é capaz de já ter voltado a ter vida para além da morte! ;)
Conclusão: até ao próximo post não esperem por mais nenhum...

Abraços

Joorgle

quarta-feira, junho 07, 2006

Amorosamente Insaciadas















Pois é, meus amigos, elas andam aí.
Cientificamente são conhecidas como “Amoris Tchuxi Tchuxi Insaciablis”. Na gíria dão-lhe o nome de “Velhas Desdentadas Com Falta De Sexo”
Tendo como principal objectivo a caça de jovens desprovidos. Usando frases de caça ao Naco, tais como, “Se dessa água, beber filhos não irá ter”, ou então, “Um bom bife é que era, mas eu prefiro peixe”, ou frases do género “Esses telemóveis só fazem mal á saúde”.
Mas tenham cuidado, pois esta espécie é a mais inofensiva.
Correm boatos de que já foi vista uma espécie ainda mais perigosa, directa e extremamente poderosa nos seus ataques, a “Amoris Extreme Tchuxi Tchuxi Insaciablis”.
Parte da população que já a viu atacar denomina-a de “Velha Tresloucada Com O Pito Aos Saltos”.
Esta espécie usa um discurso de salto para o Naco muito mais furtivo, tal como, “Vamos dar umas cambalhotas para a minha cama ortopédica, até ficar com as gengivas coladas aos joanetes.”, ou então, “Faz com que as minhas rugas levitem neste espaço de loucura.”
Agora que já estão avisados tenham cuidado. Não saiam de casa sei o vosso gás pessoal anti-avózinhas insaciaveis. Ou então não saiam mesmo de casa!!!

segunda-feira, junho 05, 2006

Campeonato Mundial de Salto à Vara



Realizou-se ontem o Campeonato Mundial de Salto à Vara (CMSV). Este campeonato consiste no seguinte: reúne-se um número de porcos cuja função é simplesmente estarem quietos durante uns segundos para que os concorrentes lhes saltem por cima, efectuando o chamado “salto à vara”. Quem conseguir saltar sobre o maior número de porcos é o vencedor!

A edição deste ano contou com a presença de 43 porcos, sendo que 13 destes eram Seres Humanos extremamente sujos – os concorrentes.
Consta que no início do campeonato estavam inscritos 134 concorrentes, mas apenas 13 conseguiram participar, sendo que os restantes alegaram náuseas, vómitos e dores de cabeça, vá-se lá saber porquê…

Este ano a competição realizou-se no Chiqueiro Internacional da Estercolândia e a classificação foi a seguinte: na primeira posição ficou o nigeriano Abdul Suyno, após ter conseguido a brilhante proeza de saltar sobre 24 porcos, em segundo lugar ficou o chinês Han Su Juh que saltou sobre 21 porcos e meio (o último porco teve o azar de ter sido partido em dois – sendo a única vítima a registar – logo, é apenas contabilizado meio porco); na terceira posição classificou-se o ucraniano Yuri Barraskov com 17 porcos transpostos.

Um dos organizadores do CMSV garante: “Estes campeonatos fazem muito mais sentido com varas de porcos do que com varas de metal. Por exemplo, a seguir já temos almoço… Festejamos a matança e tal… Gostava de ver os outros gajos a tentarem matar e comer as varas de metal..!” depois desta afirmação, o organizador acrescentou mais uma mola presa ao seu nariz perfazendo 5. O jornalista vomitou.

Tal não está a porcaria…

quarta-feira, maio 31, 2006

Gente que fala de mais...




- Olhe desculpe sabe me dizer como é que se vai para a Praça de Espanha?

- Sim, claro então não sei como é que se vai para a Praça de Espanha.

Ora bem, o metro de Lisboa foi inaugurado a 29 de Dezembro de mil nove e cinquenta e nove, com uma linha bifurcada, formando um Y e ligando Sete Rios e Entrecampos . O comprimento total era de 6,5 km. Em mil nove e noventa e oito, uma linha totalmente nova (a vermelha) permitiu aceder à zona da Expo 98, exposição mundial que decorreu na zona Este da cidade. O sistema conta agora com 4 linhas, 44 estações (48 se as estações de correspondência contarem mais que uma vez) e comprimento total é de 36,9 km.

- Sim mas, repare você não respondeu á minha pergunta, como é que se vai para a Praça de Espanha? Lembra-se...foi o que eu lhe perguntei ao inicio!?!

- Inicio? Mas quer que eu comece do inicio?

- Não , não deixe estar...

- Ora bem, no inicio o planeta teria se formado pela agregação de poeira cósmica em rotação, aquecendo-se depois, por meio de violentas reacções químicas. O aumento da massa agregada e da gravidade catalisou impactos de corpos maiores. Essa mesma força gravitacional possibilitou a retenção de gases constituindo uma atmosfera primitiva....

1 HORA DEPOIS

....o sistema conta agora com 4 linhas, 44 estações (48 se as estações de correspondência contarem mais que uma vez) e comprimento total de 36,9 km.

- Hum, ok acho que já percebi.

- Acha ?!?, veja lá se quer que eu lhe explique de novo? A serio eu não me importo veja lá se quiser.....ah, olha espere ai...onde é que vai a correr?...a Praça de Espanha não é para ai...ah ah, sinceramente ele há com cada um.

quarta-feira, maio 24, 2006

ALERTA TSUNAMI!

Segundo um tal de Eric Julien, no próximo dia 25 de Maio de 2006 (sim, amanhã), um pedaço de um cometa vai colidir com o nosso planeta no meio do Oceano Atlantico, que provocará a erupção de vulcões submarinos, e terramotos, que criaram ondas gigantes com até 200 metros de altura.

Este senhor, afirma ter recebido informações psiquicas de extraterrestes, e com nós sabemos, os extraterrestes são uma fonte muito segura de informação.

Vá pessoal, preparem se, peguem nas vossas boias em forma de dinossauro, patinhos de borracha, braçadeiras e barbatanas!

Quem não souber nadar, ainda tem umas horas pa aprender.

Para mais informações: www.savelivesinmay.com

sexta-feira, maio 19, 2006

I.S.N


Para quem ainda não sabe já é possível ser multado na praia. É verdade, ao que parece se, se encontrar alguém na água enquanto estiver bandeira vermelha, esse alguém será multado (do que estes gajos se foram lembrar).

Isto cá para mim é um esquema montado pela GNR, para poderem passar multas enquanto estão de férias porque quase de certeza que os nadadores salvadores vão ser substituídos por agentes da GNR (daqueles bem gordinhos, com o belo do bigode, sim porque toda a gente sabe que quem não tiver bigode não entra na GNR) que se encontrem ali de férias na Fonte da Telha. Parece que já estou a ver.

Encontra-se uma pessoa na água, bandeira vermelha:

- Ei o que é que o meu amigo está a fazer,hum?, não biu o elemento identificativo e/ou de sinalização?
- O que?
- A bandeira.
- Ahh, sim vi está vermelha.
- Pois está bermelha está, agora bou ter que o autuar.
- Desculpe?
- Á pois é, e bou ter que proceder também a cassação desses seus auxiliares de natação insuflábeis ( braçadeiras).
- Bem se é a lei, não tenho outra alternativa.
- Pois não, não tem, e já agora onde é que está o albará de construção desse castelo de areia, que o seu mais nobo está a fazer,hum?
- Pois realmente.
- E aquelas toalhas bocê acha que se encontram bem estacionadas? E onde é que está a o ancinho que significa que se encontra um chapéu-de-sol a menos de três metros.
- Bem você também tá se a esticar.
- Ai ele é isso, bós reinais agora é?!? Agora bai ter que me acompanhar ali ao meu toldo. Bão me bora, á minha frente já.

quinta-feira, maio 18, 2006

Inauguração

E estamos aqui hoje para inaugurar esta grande obra de arte (que é a maior estupidez que alguma vez fiz, principalmente hoje que faço anos) !!!!

AVISO: A consulta periódica deste Blogg puderá ferir as susceptilidades das pessoas susceptíveis. ( e eis a 1ª piada estúpida deste blogg).

É desaconselhada a visualização deste blogg a pessoas com menos de 1 metro já que todas e quaisquer piadas aqui referidas são de alto nivel (ou não).

Por isso, Marques Mendes, estás com azar... ( e esta a 2ª )

Tal não se aplica a pessoas invisuais com menos de 1 metro.


Para estes está disponível em formato BPDF (Braille.pdf) na pagina 888 do teletexto, todas as graçolas e mais algumas, transpostas para este blogg semanalmente (sim, porque nós somos pontuais, do tipo assim ".......").

De notar que quando for referida a expressão "tás a ver", ter-se-á em BPDF "tás apalpar".
Ou no caso do indivíduo em questão, possuír menos de 1 metro, ser invisual, e estar desmunido de membros superiores ( ex: um anão, vesgo e sem braços), será então disponibilizada uma versão completamente diferente num formato que agora não me ocorre.

OFICIALMENTE o Caaaastúpido está inaugurado.

Não passem cá muitas vezes pois assim seremos obrigados a postar com frequência. E nós não criámos um blogg para isso. Se quiséssemos apostar íamos ao casino.